Secretaria de educação realiza ato emocionante contra suicídio no Centro de Maricá


A Secretaria de Educação de Maricá, que durante o mês de prevenção ao suicídio (Setembro Amarelo) promoveu um “Abraço Coletivo” na Praça Orlando de Barros Pimentel (Centro) na tarde desta segunda-feira (09/09).

A iniciativa, que contou com a participação de alunos e professores das escolas municipais Osdevaldo Marins da Matta, Carlos Magno Legentil de Mattos, Joana Benedicta Rangel e Professora Ondina de Oliveira Coelho, teve o objetivo de sensibilizar e conscientizar a população sobre a questão.  

 “Queremos que este ato simbólico seja o início de uma série de abraços reais que precisamos dar em conhecidos e desconhecidos durante todo o percurso da nossa vida. Cabe a nós, educadores, também trabalhar o amor no outro. Em vez de falar tanto sobre o lado negativo da vida, começar a falar sobre o lado positivo”, afirmou a secretária de Educação, Adriana Luiza da Costa. 

Para o estudante Gustavo Henrique da Conceição Costa (15 anos), este movimento é muito importante. “Na escola os professores nos falaram que o suicídio tem aumentado bastante nos últimos anos, e eu acho muito importante eventos assim, para que todos passem a entender doenças como a depressão. Meu melhor amigo tem crises de ansiedade e me manda mensagem quase todos os dias de madrugada, chorando ou com falta de ar, precisamos saber como ajudar as pessoas”, contou o adolescente. 

Segundo a Organização Mundial da Saúde, o suicídio é considerado um problema de saúde pública, mas existe prevenção em mais de 90% dos casos. 

“Acho muito importante realizar eventos, conversas e campanhas, não só no mês de setembro. Precisamos entrar na cabeça dos jovens que pensam em tirar a própria vida, eles precisam saber que podem contar com a nossa ajuda ou até mesmo com o nosso simples abraço. Todo mundo deveria participar e fazer algo parecido nas suas escolas, as vezes o que parece ser um simples abraço, muda tudo”, disse a aluna Camille Rodrigues, de 15 anos. 

De acordo com o subsecretário de Desenvolvimento da Educação Básica, Rodrigo Moura, além desta ação na praça, todas as escolas também participam da campanha através de iniciativas em prol da comunidade escolar e do seu entorno. “Estamos promovendo ações nas outras escolas também, todas estão realizando conversas com os alunos, que estão abraçando os seus bairros”, finalizou. 

error: Conteúdo protegido!