Senador Romário Faria diz que houve boicote durante sua visita em Maricá


Por Romário Barros- A visita à Maricá neste sábado, 7, do Senador e Pré-Candidato a Governo do Estado do Rio, Romário Faria foi bastante conturbada.

Levantamento feito pelo site LSM indica que tudo começou quando o vereador licenciado e atual Secretário de Turismo de Maricá, Robson Dutra, do Partido Trabalhista Nacional (PTN) – que agora se chama PODEMOS – queria ser o mandatário da sigla em nosso município, sendo que o Presidente do Partido era o atual Secretário Geral de Governo e Obras da Prefeitura Municipal, Renato Machado. Tudo estava certo para que Renato continuasse como Presidente da sigla e já estaria até acertado com Dutra, porém, Marcos San, Secretário Geral do Senador, não estava sabendo do acordo. 

Douglas Almeida, que é amigo pessoal do Vice-Presidente Nacional do PODEMOS, que na gíria política ‘foi por cima’ solicitando para que fosse o Presidente do partido em Maricá e o pedido foi aceito. A posse foi neste sábado pela manhã no salão nobre do Esporte Clube Maricá.

Ainda de acordo com informações, o partido pretende lançar um candidato a Deputado Federal em Maricá e o nome seria Robson Dutra. Mas como Dutra, não quer concorrer contra seu padrinho político, Washington Quaquá, titubeou e correu da briga. Douglas Almeida, então, seria o Pré-Candidato do PODEMOS em Maricá e por este motivo foi nomeado como presidente da comissão municipal.

Renato Machado não gostou nada, nada do ocorrido. Já durante o discurso de posse, Douglas Almeida disse que não abrirá mão do partido em Maricá. Já Romário Faria, em razão do pequeno público no evento, disse que havia ocorrido um boicote a sua visita em Maricá.

“- Não entendi desse boicote da minha vinda aqui, minha relação sempre foi muito boa nesses oito anos de política, mas agradeço a Maricá pelos 42.228 mil votos que tive aqui na última eleição”, disse Romário em seu discurso. 

VISITA EM MARICÁ
Além de participar do futebol solidário no campo do Esporte Clube Maricá, Romário esteve no NAIR, Núcleo de Atividades Interativas e Recreativas, no Centro de Maricá. 

“- Hoje eu estive no NAIR, Núcleo de Atividades Interativas e Recreativas, entidade de reabilitação do município de Maricá que presta assistência a 47 jovens e adultos com deficiência intelectual. A presidente da entidade, Elaine Teixeira, me contou que o espaço surgiu, há 17 anos, da reunião de três mães que não tinham para onde levar seus filhos, entre elas, Dona Jaci, mãe da Renata, comigo na segunda foto. O espaço foi crescendo pouco a pouco e hoje sobrevive apenas com a realização de eventos, almoços beneficentes e com a colaboração de pessoas que sabem da seriedade do trabalho feito aqui. Vale dizer também que a entidade conta com doações e se mantém com a ajuda dos próprios voluntários, que doam um tempo de seu dia para ajudar com o que podem. Meus parabéns à presidente, às diretoras e aos voluntários que, assim como eu, abraçam essa causa”, falou Romário no facebook.

error: Conteúdo protegido!