Taxa de pacientes internados com Covid cai de 93% para 7% em Hospital de Maricá


A taxa de ocupação dos leitos para pacientes com Covid-19 no Hospital Municipal Conde Modesto Leal, no Centro de Maricá, caiu de 93% no dia 3 de maio para 7% no dia 2 de julho, o que corresponde a uma queda de 86%.

Em 2 de junho essa taxa era de 40%. A unidade de Saúde da rede de urgência e emergência segue com um total de 15 leitos disponíveis para pacientes com Covid-19, e regulando pacientes para o Hospital Municipal Dr. Ernesto Che Guevara, em São José do Imbassaí. Nesta segunda-feira, 6 de julho, não havia pacientes com o novo coronavírus em tratamento no Conde.

Para o diretor médico responsável técnico (RT) do Hospital Municipal Conde Modesto Leal, Glauco Pontes, os números representam a efetividade do isolamento social e, por isso, a diminuição do contágio.

“As ações implementadas pela Prefeitura para aumentar o isolamento social foram importantes, porque controlaram a taxa de contágio, diminuindo a transmissão. Por isso, foi possível conseguir dar o suporte necessário aos pacientes na cidade. Não tivemos superlotação e esgotamento dos leitos, que é uma das preocupações da Organização Mundial da Saúde (OMS)”, pontua Glauco.

De acordo com a secretária de Saúde Simone Costa, a testagem dos maricaenses feita pela Estratégia de Saúde da Família de Maricá, a testagem e isolamento dos familiares dos contaminados e a inauguração do novo Laboratório Central Dr. Francisco Rimolo Neto, no Centro da cidade, corroboraram para o êxito de todas as ações.

error: Conteúdo protegido!