Vacinação contra gripe H1N1 terá esquema especial em Maricá


A campanha de vacinação contra o vírus Influenza (H1N1) começa na próxima segunda-feira (23/03) dada a antecipação decidida como parte das medidas de prevenção e enfrentamento à pandemia do novo Coronavírus. Atendendo à orientação da Secretaria Estadual de Saúde, a Prefeitura de Maricá estabeleceu que idosos e profissionais de Saúde estão no grupo prioritário da primeira fase da imunização. A vacinação segue até a última etapa, que acontece no dia 09/05. O atendimento nos postos do município será realizado de 08h às 17h com rodízio de horários.

Ao todo 18 mil idosos serão imunizados em Maricá e a vacinação para eles e para gestantes do programa Estratégia de Saúde da Família (ESF) será em domicílio. A recomendação das autoridades é para que pessoas acima de 60 anos não saiam de casa. A maioria dos idosos já está na lista da ESF, do Programa de Atenção à Saúde do Idoso. Para alcançar o maior número de pessoas possível a partir desta sexta-feira (20/03), passou a funcionar o “Idoso fone” (99106-9298), que será utilizado para cadastramento de mais pessoas para vacinação.

A campanha prossegue nos dias 16/04 (Professores de escolas públicas, privadas e profissionais das forças de segurança e salvamento)  e 09/05 (crianças de 6 meses até menores de 6 anos de idade, doentes crônicos, gestantes, povos indígenas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e adultos de 55 a 59 anos de idade).

De acordo com informações da Secretaria de Saúde, a estratégia de vacinação nas fases posteriores vai depender do panorama do Covid-19 na data da imunização. O plano da secretaria é o de ir a locais como delegacia, DPO e nas secretarias que não paralisaram as atividades e lá vacinar. No caso de as pessoas terem de ir aos postos, a Secretaria de Saúde vai propor um rodízio de horário, a ser divulgado através dos canais oficiais (redes sociais e site) para que não haja aglomeração nesses locais.

Para que a medida seja cumprida, de acordo com a secretária de Saúde, Simone Costa, será montada uma força tarefa com equipes de programas como o “Melhor em Casa” e “Reabilitação Domiciliar”, além dos próprios agentes da pasta.

“A medida foi estadual, exatamente porque as pessoas podem ter outro tipo de gripe que mascare esse coronavírus. Temos mapeadas onde essas pessoas estão. No Espraiado, por exemplo, as pessoas iam se vacinar no posto de Saúde. Porém, lá no bairro tem locais de difícil acesso que só se chega com veículos de tração 4×4. Por isso pedimos o auxílio da Secretaria de Proteção e Defesa Civil, assim como foi na campanha contra a Febre Amarela”, explicou a secretária Simone Costa.

Confira o cronograma de vacinação.

23/03 – Idosos (pessoas acima de 60 anos) e profissionais de Saúde

16/04 – Professores de escolas públicas, privadas e profissionais das forças de segurança e salvamento.

09/05 – Crianças de 6 meses até menores de 6 anos de idade, doentes crônicos, gestantes, povos indígenas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e adultos de 55 a 59 anos de idade.

error: Conteúdo protegido!