Ver. Felipe Paiva solicita funcionários capacitados para primeiros socorros em escolas, creches e berçários de Maricá


Indicação visa salvar vidas em acidentes onde o conhecimento e o lapso de tempo do socorro são primordiais

Para a primeira sessão plenária na Câmara de Vereadores da Cidade no ano de 2018, que acontecerá no dia 19 de fevereiro, o vereador Felipe Paiva, da base do governo, já protocolou a indicação que defenderá na tribuna da Casa de Leis. Em mais uma indicação de extrema importância para a população, o legislador solicita que em todas as escolas, creches e berçários públicos e particulares, tenham, pelo menos dois funcionários capacitados para prestar os primeiros socorros em suas crianças no âmbito municipal.

Atento para as estatísticas e o crescimento do número de casos de acidentes nas escolas e creches, Felipe Paiva, tem como objetivo primordial a preservação da vida, como já empenhado em campanhas de conscientização do trânsito, combate a drogas entre outras, bem como a prevenção de sequelas graves em decorrência da forma incorreta da prestação dos primeiros socorros.

A escola é considerada o segundo local de maior ocorrência dos acidentes com crianças, perdendo apenas para as residências. O engasgo, com a obstrução das vias aéreas por corpo estranho impedindo a criança de respirar, está no topo da lista de acidentes com menores de 5 anos, sendo 90% dos casos. Há também inúmeros registros de parada respiratória e/ou cardiorrespiratória por decorrência de complicações alérgicas e doenças que acometem o sistema respiratório, e em alguns casos por esforço físico, há também muitos casos de quedas, intoxicação e afogamento.

Por mais que haja treinamentos e palestras para professores e educadores o pânico, e o nervosismo do momento paralisa a ação, assim como a manipulação incorreta da vítima e a falta de conhecimento acarretam em inúmeros problemas, perdendo-se também um tempo precioso que pode de fato salvar vidas.

“É nesse momento que um profissional treinado e qualificado faz toda a diferença! Saber exatamente o que fazer, como fazer e o tempo de socorro é importantíssimo.” Conclui Felipe Paiva.

error: Conteúdo protegido!