Vereador Fabiano Novaes quer prioridade no serviço do PROEIS para Policiais Militares moradores de Maricá


O Vereador Fabiano Novaes (DEM) pediu prioridade para os Policiais Militares moradores de Maricá nos serviços do Programa Estadual de Integração na Segurança (PROEIS), na sessão ordinária desta quarta-feira, 11, na Câmara Municipal de Maricá.

O parlamentar subiu à tribuna e pediu ao Líder do governo Fabrício Bittencourt levar até o secretário de Segurança o pedido. De acordo com Novaes, grande parte dos Policiais moradores de Maricá não trabalham no efetivo da 6ª Companhia e o Programa Estadual de Integração na segurança (PROEIS) deveria dar prioridade a esses agentes, pois segundo Fabiano, os PMs iriam trabalhar com mais vontade e mais praticidade, pois conhecem o local.

“É notório que quando um policial mora na Cidade, apesar dele não conseguir trabalhar na companhia por causa do efetivo reduzido, ele trabalha com mais vontade de trabalhar e com isso acontece as ocorrências, se for ver o histórico dessas ocorrências, a maior parte acontece quando o policial mora na cidade, pois ele conhece e quer o bem da cidade” afirmou Fabiano Novaes.

Em resposta, o líder do Governo Fabrício Bittencourt afirmou que como as inscrições são feitas pela internet, então policiais de outros municípios acabam se inscrevendo, mas que irá viabilizar procedimentos para que o maior percentual de agentes do programa seja de moradores de Maricá.

A parceria da Prefeitura com a Coordenação do Programa Estadual de Integração na Segurança (C-Proeis) da Polícia Militar teve início no dia 04 de outubro de 2017, quando 30 policiais que estavam de folga em seus batalhões e unidades passaram a atuar nas ruas da cidade, ao lado de agentes da Guarda Municipal e do efetivo policial que já atuava normalmente.

Cada um recebia em média R$ 250 por cada 12 horas trabalhadas. Desde então, seus salários são custeados integralmente pela Prefeitura de Maricá.

error: Conteúdo protegido!