22/06/2016 às 18h28min - Atualizada em 23/06/2016 às 17h36min

Dor e emoção no sepultamento de jovem baleado em Rodovia em Maricá

d52bb359-df72-41c4-b9e2-798932a5c9e1

d52bb359-df72-41c4-b9e2-798932a5c9e1

Por Romário Barros- Muita dor e tristeza marcaram o dia dos moradores do município de Saquarema em razão da morte de Vinicius Vidal França, de 19 anos, baleado em uma tentativa de assalto na noite desta terça-feira, 21, no km 37 da RJ-106 (Rodovia Amaral Peixoto), próximo a entrada para o bairro do Espraiado, em Maricá. O velório de Vinicius Vidal foi realizado na Câmara de Vereadores do município durante a tarde. Foi grande o movimento de amigos e familiares que foram prestar as últimas homenagens ao estudante de faculdade de Engenharia de Produção em Niterói, também na Região Metropolitana. O jovem era de família tradicional do município da Região dos Lagos. O Deputado Estadual Paulo Melo acompanhou o velório. O sepultamento aconteceu no final da tarde no Cemitério Municipal de Saquarema. História- O caso aconteceu por volta de 9 horas da noite. De acordo com informações, três criminosos, sendo um deles armado, entraram na frente do veículo Kia Sportage que seguia no sentido Região dos Lagos. Ao perceber que se tratava de uma tentativa de assalto, o motorista acelerou e os criminosos dispararam para cima do veículo. Um dos disparos acabou atingindo Vinicius Vidal França, de 19 anos, que estava no banco do carona. O motorista, que era o Pai de Vinicius, seguiu até o posto do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) na Serra do Mato Grosso, onde os PMs de plantão indicaram que ele fosse levado para o Hospital de Saquarema. No meio do caminho, o pai parou no posto de saúde de Sampaio Corrêa, onde Vinicius foi atendido, mas não resistiu. Estavam no carro também, ainda de acordo com a polícia, a mãe e uma irmã do jovem. Os criminosos ainda conseguiram roubar um carro próximo ao local onde Vinicius Vidal foi baleado (Criminosos rendem motorista e roubam carro na Estrada do Espraiado), além de apedrejar um coletivo da empresa 1001 que também seguia para a Região dos Lagos. O caso foi registrado na Delegacia de Saquarema (124ª DP), como latrocínio, que é o assalto seguido de morte, mas será transferido para a Delegacia de Maricá (82ª DP) que vai investigar o caso. De acordo com o Delegado Dr. Júlio César Mulatinho, um carro roubado foi encontrado próximo ao local da tentativa de assalto. Segundo Mulatinho, moradores disseram que os ocupantes do veículo Fiat/ palio weekend, ano 2001, cinza, placa LNM-9628, produto de roubo na área da 73ª DP (Neves/SG) no dia 20 de Junho, estariam armados e após abandonar o veículo começaram a tentar abordagem automóveis que transitavam pela RJ-106. Quando os veículos tentavam fugir dos criminosos, um dos elementos efetuava disparos de arma de fogo contra os ocupantes dos veículos, vindo a atingir Vinicius Vidal. O carro foi recuperado pela Polícia Militar e levado para o Depósito do Pátio Legal, em Deodoro, no Rio. O delegado já pediu a perícia do carro para que sejam colhidas impressões digitais para identificar os criminosos. Nas redes sociais, a comoção pela morte de Vinicius Vidal é grande e vários amigos e familiares estão deixando mensagens. "- Meu respeito, sentimento e muita luz e conforto pra família do Vinicius Vidal. Mais uma vida inocente se vai por causa do crime, pessoas matando pessoas por bem materiais. Só peço a Deus proteção pros meus e nada mais", disse um amigo. CASOS DE LATROCÍNIO CRESCEM 28% NO RIO No último quadrimestre, o número de latrocínios (roubos seguidos de morte) registrados no Estado do Rio de Janeiro cresceu 28%, em relação ao mesmo período do ano passado. Em 2015, 57 pessoas morreram em decorrência deste crime. Já neste ano, o número saltou para 73.

Fotos de Romário Barros

51dba66e-b633-4acf-b4d8-68cd76234f8a

51dba66e-b633-4acf-b4d8-68cd76234f8a


Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp