13/09/2016 às 19h18min - Atualizada em 13/09/2016 às 19h27min

Vereador Dr. Felipe Auni (PSD) responde as acusações feitas pelo Prefeito Quaquá

Através do facebook, o Vereador Felipe Auni (PSD) respondeu as acusações feitas pelo Prefeito de Maricá e Presidente Estadual do PT, Washington Quaquá (Quaquá parte para o ataque ao Vereador Dr. Felipe Auni). De acordo com o parlamentar, Quaquá estaria desesperado com as denúncias que estão sendo divulgadas nas sessões da Câmara de Vereadores. "- Desesperado com as denúncias que venho fazendo no plenário da Câmara de Vereadores, sem nunca ter dado uma resposta satisfatória, o prefeito Washington Quaquá decidiu contra-atacar tentando atingir minha honra. Como resposta da minha última denúncia de que ele tem funcionário fantasma nomeado em seu gabinete e comprovado pela Justiça, Quaquá postou hoje um vídeo na rede social e publicado neste prestigioso site Lei Seca Maricá, onde apareço em minha residência bebendo uma lata de cerveja e sou acusado de ser mentiroso e de me esconder atrás do manto evangélico", disse Auni. Segundo Auni, o vídeo divulgado por Quaquá foi feito por um ex-funcionário que o teria ameaçado. "- O vídeo foi feito há alguns anos atrás, na minha casa, durante brincadeiras nos festejos de fim de ano com familiares e amigos, sendo que um deles foi nomeado para o meu gabinete e exonerado tempos depois, por não corresponder as expectativas profissionais e de confiança. A partir daí passou a fazer ameaças, uma delas exibir este vídeo pensando que atingiria o meu caráter", contou Auni. Auni diz que nunca atacou o Prefeito e apenas como representante do povo fiscaliza o executivo. "- Nunca ataquei a pessoa Washington Quaquá. Como representante do povo que me elegeu, cumpro o meu papel de legislador e fiscal dos atos do poder executivo. Quando necessário, também ocupo o plenário da Câmara Municipal para denunciar com provas, algumas possíveis ilegalidades ou irregularidades, como a de uma (eu disse uma) funcionária fantasma, comprovada pela Justiça, que estaria lotada no gabinete do Prefeito", afirmou. O parlamentar falou do Jornal que circula na cidade falando sobre cargos comissionados no Gabinete do Prefeito de Maricá. "- Em consequência desta denúncia, um jornal da cidade publicou de maneira autoral (sem a minha responsabilidade) uma reportagem investigativa e em letras garrafais estampou na 1ª página “Acredite se Quiser: Gabinete do Prefeito de Maricá tem 946 funcionários em cargos comissionados”. Nas páginas 3, 4 e 5, o jornal publica os nomes dos servidores e seus cargos", comentou. Felipe Auni finalizou dizendo que não é mentiroso e agradeceu também as mensagens de apoio que recebeu nas últimas horas. "- Reafirmo que jamais cometi qualquer atitude ilícita que viesse a desabonar a minha conduta como cidadão. Não nasci no manto evangélico. Não sou mentiroso, nem muito menos estou sendo investigado pela Polícia Federal. Gostaria de agradecer a todos pelas centenas de mensagens de apoio que estou recebendo, e dizer que eu e minha família temos Deus no coração. E por fim, dizer ao Prefeito Washington Quaquá que não irei me intimidar com essa forma sórdida de fazer política, pois o único compromisso que tenho hoje enquanto legislador é com a verdade e com o povo de Maricá. Continuo aguardando uma resposta sobre as denúncias que venho fazendo em plenário, como por exemplo, a última denúncia que fiz em sessão da câmara no último dia 24, com relação a funcionária fantasma comprovada legalmente, membro do diretório estadual do PT e lotada no gabinete do Prefeito", finalizou. Veja o vídeo divulgado por Felipe Auni no facebook
Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp