publicidade 1200x90
10/10/2016 às 10h53min - Atualizada em 10/10/2016 às 10h53min

Agências bancárias lotadas nesta segunda-feira em Maricá

20161010_101506-800x449

20161010_101506-800x449

Os clientes e correntistas da Caixa prejudicados pela greve de 31 dias dos bancários ganharão tempo extra para acertar as contas com o banco. As agências da instituição financeira em Maricá abriu uma hora mais cedo hoje (10) e amanhã para agilizar o atendimento. Em Maricá, onde o banco abre às 10h, os clientes começaram a ser atendidos a partir das 9 horas. Às 11 horas da manhã, um grande fila era formada em frente a agência, na Avenida Roberto Silveira. Na última sexta, bancários de todo o país retornaram ao trabalho, depois de mais de um mês parados. Em assembleia realizada dia 6, os trabalhadores da instituições privadas e do Banco do Brasil aceitaram a proposta apresentada pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) e encerraram a greve, que durou 31 dias. O acordo, válido por dois anos, inédito, prevê 8% de reajuste no salário em 2016, mais abono de R$ 3,5 mil. No vale-alimentação o reajuste proposto é maior, de 15%. O vale-refeição e o auxílio-creche/babá serão reajustados em 10%. Para 2017, haverá a correção integral da inflação acumulada, mais 1% de aumento real nos salários e em todos os benefícios. Os bancários também conseguiram o abono dos dias parados e o aumento da licença-paternidade de cinco para 20 dias. A licença, entretanto, vale a partir da definição do benefício fiscal pelo governo. Apesar do acordo, bancários da Caixa Econômica Federal em capitais de sete estados, como Rio de Janeiro, São Paulo, Amapá e Bahia, e em algumas cidades mantiveram a paralisação nesta sexta até a realização de assembleias.
Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp