26/12/2016 às 14h35min - Atualizada em 28/12/2016 às 11h03min

Mulher é presa acusada de estupro de vulnerável no dia de Natal em Maricá

[gallery columns="1" size="full" ids="108926"] EXCLUSIVO LSM- Uma mulher de 32 anos foi presa acusada de estupro de vulnerável na noite de Natal em um condomínio do bairro do Caxito, em Maricá. Segundo a Polícia, a vítima foi um menino de 12 anos. De acordo com a Polícia, o menino contou que estava brincando com colegas próximo de um lago quando eles resolveram ir pegar frutas numa árvore. Próximo a árvore frutífera acontecia um picnic, onde estava a acusada, identificada como Joana da Silva, acompanhada de um amigo. Joana pediu ao menino para que ele olhasse seus pertences, já que ela precisava ir ao banheiro. O menino atendeu o pedido de Joana e momentos depois, ela retornou. O menino e a mulher passaram a conversar e o colega do menino foi embora, permanecendo no local o menino, a mulher e o amigo dela. Em seguida, Joana perguntou onde havia um 'chuveirão' e o menino apontou para um banheiro próximo a área de lazer do condomínio.  Joana pediu para que o menino a levasse até o 'chuveirão' e o amigo da mulher foi junto. O amigo foi o primeiro a tomar banho e logo em seguida, Joana também foi. A mulher convidou o menino para ir junto com ela tomar banho enquanto o amigo da mulher ficava na porta esperando. Durante o banho, o menino foi beijado pela mulher e em seguida eles tiveram relações sexuais. Momentos depois, os dois saíram do banheiro, sendo que o menino voltou para brincar com os amigos e a mulher seguiu para debaixo da árvore com o amigo. Um vizinho viu o menino saindo do banheiro todo molhado e avisou ao pai da criança. O menino confessou ao pai o que teria acontecido e ele ligou para a Polícia Militar. Uma viatura foi até o condomínio e a mulher foi encaminhada para a Delegacia de Maricá (82ª DP). De lá, a mulher foi levada para a Central de Flagrantes da Polícia Civil (77ª DP), onde foi autuada por estupro de vulnerável. Em depoimento,  Joana da Silva negou ter tido relações sexuais com o menino. Ela só admitiu que beijou o menino na boca dando um 'estalinho'. A mulher foi conduzida nesta segunda-feira, 26, para o Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, onde ficará a disposição da justiça.
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp