30/01/2017 às 12h12min - Atualizada em 01/02/2017 às 08h28min

Réu confesso de ter assassinado homem a pauladas é preso em Comunidade de Inoã

[gallery link="none" columns="1" size="full" ids="111175"] Por Romário Barros- Alberto da Silva de Freitas foi preso após confessar que assassinou Aguinelo Ramos, de 59 anos, a pauladas neste domingo, 29, na Rua 20, no Loteamento Chácaras de Inoã. Por volta de 22 horas, Policiais Militares do DPO de Itaipuaçu receberam informações que o assassino estaria na Comunidade do 'Sem Terra' , em Inoã. Na Rua 5, os PMs avistaram um amontoado de pessoas que ao perceber a chegada da viatura fugiram. No meio da Rua, eles encontraram Alberto Freitas caído com ferimentos por todo o corpo. Ele sentiu a fúria da população revoltada com o crime. Os PMs evitaram que o homem morresse espancado. Aos PMS, Alberto confessou que matou Aguinelo a pauladas. Em seguida, ele foi encaminhado para a Unidade de Pronto atendimento (UPA), onde recebeu avaliação médica. No início da madrugada, Alberto Freitas foi levado para a sede da Delegacia de Homicídios (DH) de Niterói, onde foi preso e vai responder por homicídio. Ele foi conduzido para o Complexo Penitenciário de Bangu, onde ficará a disposição da justiça. Alberto e Aguinelo estavam bebendo num bar, no mesmo bairro, na noite de sábado, quando iniciaram uma discussão e chegaram a entrar em luta corporal. A briga teria sido gerada porque a vítima comentou que havia se relacionado com a ex-mulher do acusado. Após o fechamento do estabelecimento comercial, Aguinelo seguia para casa, quando Alberto o surpreendeu e aplicou um golpe conhecido como mata-leão, asfixiando-o até a morte. Ele também teria sido atingido a pauladas. Em seguida, o assassino ainda colocou mato na boca da vítima e jogou o corpo num valão, na Avenida B. [gallery link="none" columns="1" size="full" ids="111153"]
Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp