23/02/2017 às 13h44min - Atualizada em 23/02/2017 às 13h47min

Radares de 60 km/h da RJ-106 ficarão desligados durante o Carnaval 2017

[gallery size="full" columns="1" link="none" ids="112820"] Não há risco de multa se ultrapassar o radar com velocidade acima do permitido nas placas, desde que não se ultrapasse os 80 Km/h. Pelo menos no Carnaval. Os motoristas que passavam na Rodovia Amaral Peixoto (RJ-106) nesta quinta-feira já foram surpreendidos por alguns radares eletrônicos de 60 km/h que foram cobertos por sacos pretos. O Departamento de Estradas de Rodagens do Rio de Janeiro (DER-RJ) confirmou que cobriu os aparelhos e alguns estarão desligados até a volta do carnaval, na próxima semana. O objetivo é dar mais fluidez ao trânsito. Os radares de 80 km/h, instalados na primeira entrada de Itaipuaçu, na curva do Queijão (km 17) e no Marine (km 22) estarão funcionando normalmente. O DER alegou que a medida vai reduzir os impactos decorrentes do aumento do fluxo. Segundo o órgão, quando veem os radares, os motoristas tendem a reduzir a velocidade muito mais do que o limite permitido, intensificando os congestionamentos. Agentes de trânsito vão ficar em pontos estratégicos para multar quem for flagrado acima dos 80 km/h ou trafegando no acostamento. Para o instrutor de direção segura Murilo Pilotto a medida é um contrassenso. “As pessoas vão desacelerar quando virem as viaturas. E a brecha pode concorrer para excessos de velocidade.” Presidente da Comissão de Trânsito da OAB-RJ, Armando Souza concorda com o desligamento para dar conforto aos motoristas. “A medida é assegurada pelo Código de Trânsito”, explica.
Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp