publicidade 1200x90
12/06/2021 às 12h26min - Atualizada em 12/06/2021 às 21h05min

Reabertura do PAE faz com que mais de 1,4 mil pessoas consigam manter o emprego na cidade

(Foto: Vinícius Manhães)

Após a Prefeitura de Maricá anunciar que o Programa de Amparo ao Emprego (PAE), iria lançar uma reabertura nas inscrições do benefício, mais de 65 novas empresas se inscreveram no programa que vem ajudando pequenos empreendedores da cidade.

O PAE concede uma ajuda de R$ 1.045 ao empregado vinculado a microempreendedor individual e a trabalhadores de micro e pequenas empresas que tiveram suas atividades prejudicadas por conta do isolamento social provocado pela pandemia da Covid-19.

Essas novas empresas cadastradas se juntam a outras 224 já participantes, o que representa uma proteção de 1.463 postos de trabalho dentro do município, desde o início da pandemia. Ao lado do Programa de Amparo ao Trabalhador (PAT), o PAE representa um dos pilares de sucesso da estratégia da cidade no combate aos efeitos econômicos da pandemia.

Por conta dessas iniciativas, Maricá atravessou todo o ano de 2020 gerando mais empregos formais do que perdendo, o que garantiu um resultado positivo de 7% em um cenário onde todas as cidades registraram índices negativos no estado.

“O programa possibilita proteger os empregos formais na cidade, amparar o empregador para que ele possa nos ajudar a fortalecer a economia do município e, consequentemente, minimizar os efeitos econômicos causados pela pandemia”, afirmou ressaltou Igor Sardinha, responsável pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Comércio, Indústria, Petróleo e Portos, autora da iniciativa.

Uma das novas empresas participantes fica localizada no centro da cidade, que é destinada a roupas femininas de praia. A gerente do estabelecimento, Lubemar Rosário, de 53 anos, contou que em 16 anos de existência na cidade nunca passou por um momento tão difícil como esse.

“Estamos tentando manter porque além de não termos muitos clientes nesse período, também não tem matéria-prima. Temos muito a agradecer porque esse programa do PAE vai nos trazer um apoio grande nesse momento”, disse. “Tem muitas firmas fechando e funcionários sendo demitidos. O que Maricá está fazendo é primordial nesse momento para todos nós”, afirmou.

Com o avanço da pandemia e a chegada da “2ª onda”, muitas pessoas recorreram novamente aos programas de suporte econômico da Prefeitura e conseguiram se inscrever no PAE.

“Antes da pandemia tínhamos oito funcionários, diminuímos para seis, chegamos a ter quatro e, depois dos programas de auxílio, contratamos mais dois”, revelou. “Está todo mundo ciente que estão estáveis e tranquilos porque estamos lutando para mantê-los. É agradecer a Prefeitura por isso. Se não fosse ela, estaria mais difícil”, contou Leandro Oliveira, proprietário de um restaurante localizado no Centro da cidade.


Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp