13/09/2021 às 12h09min - Atualizada em 14/09/2021 às 09h24min

Ex-prefeito Quaquá usa rede social para cobrar obra do governo Fabiano Horta

Foto: Internet

Por Denes Pereira - O ex-prefeito Washington Quaquá (PT) cobrou o término de uma obra que está sendo feita pela Prefeitura de Maricá no bairro do Caxito e de Pindobas. A cobrança foi feita durante este final de semana por meio de seu perfil em uma rede social.

Através do seu perfil pessoal no Facebook, o ex-prefeito publicou a cobrança da continuidade da pavimentação da via que liga os dois bairros após fazer uma visita a amigos pessoais. “A comunidade de Pindobas e do Caxito está solicitando a finalização das obras de ligação dos dois bairros e a retomada das equipes de asfalto que pararam”, disse na postagem.  

Quaquá, nos últimos dias, vem soltando indiretas atingindo a gestão do prefeito Fabiano Horta. Em uma das postagem em sua rede social, em um tom ameaçador o ex-prefeito publicou: “Aqui quietinho no meu canto engolindo faz tempo. Até tento ajudar, mas te tiram de otário. Vai ter uma hora que vou ser obrigado a partir para a guerra. Aí não reclamem!”, disse Quaquá, trazendo, mais uma vez, um desconforto na atual gestão de seu próprio partido, o PT.

O ex-prefeito vem usando suas redes sociais para demonstrar sua pretensão a se candidatar na eleição de 2022. Desde então, vem publicando crítica à atual gestão. Em uma das publicações, Quaquá disse: “Voto se conquista com amor, carinho, amizades, com sua história de vida e de luta e com propostas. No dinheiro e na arrogância se conquista decepção. Na urna será o povo que você maltrata todo dia e ela. Será hora da vingança!”, completou.

Quaquá se candidatou como Deputado Federal em 2018, onde obteve cerca de 83 mil votos, porém os mesmo foram invalidados, pois o seu registro de candidatura foi cassado na Lei da Ficha Limpa. Em junho deste ano, o ex-prefeito foi novamente condenado no caso da queda do avião em Maricá, mas conseguiu recurso.

As indiretas e mensagens subliminares colocam em xeque a aliança política de Quaquá e Horta, que foi ‘acordada’ em 2016, quando passou a cadeira de prefeito para o atual.

Foto: print da rede social

Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp