publicidade 1200x90
18/05/2022 às 15h49min - Atualizada em 18/05/2022 às 14h52min

Maricá: Homem é detido após ser acusado de assédio sexual em Inoã

Jade Carvalho - leisecamarica.com.br

 

Um homem acusado de assédio sexual foi detido na tarde desta quarta-feira, 18, na RJ-106 (Rodovia Amaral Peixoto), no bairro de Inoã, em Maricá. 

 

De acordo com informações, pelo menos quatro mulheres relataram em grupos do bairro de que haviam sido assediadas por um homem que estava em um carro modelo Citröen Picasso durante a semana no loteamento Chácaras de Inoã. 

 

“Eu tava indo trabalhar quando ele me parou e me perguntou o nome da rua. Aí eu falei, Rua 25. Aí ele já estava no ato, só que eu não percebi, pensei que ele tinha problema no braço. Aí eu segui caminhando para ir para o meu trabalho, quando eu percebi que ele estava no ato”, contou uma das vítimas com exclusividade ao LSM.

 

“Quando eu vi que ele gemeu é que fez uma cara de satisfeito, eu perguntei para ele o que ele estava fazendo e comecei a xingar ele. Eu nunca tinha visto o carro e nunca tinha visto ele nessa área, mas conforme eu fui postando na internet, foram chegando outras meninas contanto que aconteceu o mesmo com elas”, concluiu.

 

Por conta das denúncias, o presidente da Associação de Moradores da Chácaras de Inoã (AMACI), Daniel Luiz Carvalho Maia, resolveu puxar as imagens das câmeras de segurança de algumas casas do bairro em busca de anotar a placa do carro do acusado para iniciar uma buscar. 

 

Com a placa em mãos, o presidente estava circulando pelo bairro em seu carro quando avistou o veículo que seria do acusado na RJ-106. Em seguida, o comandante da associação tirou uma foto do homem e encaminhou para duas das vítimas, que confirmaram a identidade do suspeito. 

 

“Hoje de manhã eu fui abastecer o carro quando uma das vítimas me ligou, falando que um amigo tinha visto o carro parado na rodovia. Aí eu encontrei o carro próximo ao posto de saúde, confirmei as características e a placa e segui ele”, contou o presidente da associação de moradores.

 

Ao confirmar a identidade do suspeito, o próprio presidente da associação realizou a abordagem e deteve o homem, o colocando dentro de seu carro e levando para a Delegacia de Maricá (82ª DP). Na unidade policial, o homem foi ouvido e liberado, já que não houve flagrante. 

 

“Quando ele parou, eu fui pela frente e parei o carro na frente dele. Peguei o celular, tirei uma foto dele e mandei para as duas vítimas, para não ter erro, aí elas confirmaram a identidade dele. Aí eu peguei ele e trouxe pra delegacia”, concluiu.


Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp