publicidade 1200x90
29/11/2017 às 16h41min - Atualizada em 29/11/2017 às 16h48min

Após visita de vereadores, Enel promete melhorias no serviço em Maricá

Os vereadores mais uma vez falaram do serviço prestado pela Enel no município durante sessão ordinária ocorrida na manhã desta quarta-feira (29). No entanto, eles alertaram que a concessionária prometeu melhorias no fornecimento de energia elétrica para Maricá. A promessa foi feita durante visita dos parlamentares à sede da companhia no Rio de Janeiro nesta terça-feira (28). O vereador e presidente da Comissão de Defesa do Consumidor, Marcinho da Construção (DEM) informou que participaram da reunião os parlamentares Robgol (PT), Rony Peterson (PR), Fabrício Bittencourt (PTB) e Chiquinho (PP). Há cerca de um mês o vereador Robgol levou à tribuna reclamações sobre o atendimento em Maricá. Em resposta, Marcinho explicou que os funcionários que estariam prestando um desserviço aos munícipes foram substituídos.  Sobre os valores altos cobrados nas contas, o parlamentar explicou que a própria Enel afirmou que 80% dessas cobranças são referentes a tributos. “Sugerimos micro locais de atendimento. Entendemos que Maricá é muita extensa e para um morador que mora em Itaipuaçu vir para o Centro de Maricá é muito distante. Eles informaram que existe uma proibição de criar novos pólos, mas que iriam tentar parcerias com a prefeitura para criar pequenos pólos de atendimento em pontos cedidos pela prefeitura”, disse Marcinho. O vice-presidente, Frank Costa (SD), pediu mais uma vez pela realização de uma audiência pública. “Tivemos um aumento absurdo nas contas. A conta vinha R$ 400 e agora vem R$ 1 mil. Precisamos saber que impostos são esses”. Filippe Poubel (DEM) afirmou que as contas passaram a subir de valor a partir da mudança da empresa de Ampla para Enel. “As contas em janeiro passaram a ser abusivas, triplicaram os valores. O outro motivo é a questão da queda de luz, principalmente no terceiro e quarto distrito. Aqui no Centro há quedas frequentes também. Sem contar que as pessoas saem de Jaconé, Inoã, para vir resolver os problemas e encontram uma grande burocracia”. O vereador Marcinho esclareceu que segundo a Enel, as quedas de energia no terceiro distrito vão ser menos constantes, devido a troca dos geradores. O vereador Rony Peterson (PR) informou que continuará exigindo bom serviço na cidade. Ele explicou ainda que fará um PL proibindo a concessionária de cortar a energia nas sextas-feiras de clientes inadimplentes. “Vamos lutar para que a Enel preste um serviço de qualidade nesta cidade. Conversamos sobre qualidade e solicitamos que descentralize o serviço. Pedimos que usem o CRAS para que lá possam tirar segunda via de conta, serviços básicos. Protocolei projeto proibindo corte de energia na sexta. Isso é uma covardia, a Enel chegar lá e desligar a energia e esta ser religada na segunda ou terça”. O vereador Felipe Auni (PSD) explicou que está reformulando projeto que proíba o corte de energia em determinados casos para ser enviado ao Executivo. “Fiz um projeto parecido com esse na legislação passada, mas o Executivo vetou. Faremos reformulações para que ele seja aprovado novamente nesta Casa e enviaremos ao Executivo”. O vereador Ismael Breve (DEM) pediu que a Enel dê atenção a dois postes localizados na ponte de Ponta Negra. “Pedi a troca de dois postes que estão caindo em Ponta Negra. Pedi ao presidente que mandasse ofício para a Enel. A diretora nos explicou que não é fácil fazer troca de postes porque tem vários fios. Aquilo é horrível. Vários fios caídos. A poluição visual é muito ruim. Ouvimos da Enel ontem que o poste não é somente dela”. NOTA ENEL DISTRIBUIÇÃO RIO:  A Enel Distribuição Rio esclarece que possui um plano de investimentos para a melhoria qualidade do fornecimento de energia e do atendimento em Maricá. Recentemente, a distribuidora aumentou a capacidade da subestação de Inoã em 25 MVA e construiu novos circuitos alimentadores, beneficiando cerca de 34 mil clientes de Inoã, Itaipuaçu, S. J Imbassaí, Manu Manuela, Cassorotiba e arredores. A companhia também está investindo em novas tecnologias, como o projeto Telecontrole, que garante maior confiabilidade ao serviço de distribuição de energia e permite o restabelecimento do serviço mais rapidamente em casos de possíveis interrupções. Apenas em Maricá, foram instalados 125 equipamentos telecomandados em 2016 e 2017. Os investimentos que vêm sendo realizados pela companhia já se refletem em melhorias nos indicadores de qualidade da empresa na cidade de Maricá. O indicador de TMA, que mede o tempo médio de atendimento de restabelecimento de um atendimento de emergência, melhorou 25,7% em 2017 em relação ao ano passado. Houve avanço também nos indicadores DEC (que representa o tempo médio das interrupções de energia), que melhorou 32,5% em relação à 2016, e FEC que representa a quantidade de vezes média que os clientes ficam sem energia), que teve uma melhora de 11,1%. Em relação aos canais de atendimento, a Enel reforça que, para comunicar ocorrências, solicitar serviços ou informações, os clientes podem entrar em contato pelo aplicativo Enel Rio, que pode ser baixado gratuitamente para iOS (http://goo.gl/quLoH9) e Android (http://goo.gl/pjQpNS); pelo site da companhia (www.eneldistribuicao.com.br); através do SMS 27389 para os serviços de Falta de Luz, Religação, 2ª via e Consulta de débito; pelas redes sociais – Facebook (facebook.com/enelclientesbrasil) e Twitter (@enelclientesbr) ou ainda pela Central de Atendimento (0800 28 00 120). Os clientes também podem solicitar o recebimento da conta de luz por e-mail pelo site da companhia, no link: http://www.eneldistribuicao.com.br/rj/RecebaSuaFatura.aspx.
Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp