03/08/2018 às 09h39min - Atualizada em 03/08/2018 às 09h41min

Bandidos assaltam mais dois ônibus da Viação Nossa Senhora do Amparo em menos de 12 horas


[gallery columns="1" size="full" link="none" ids="166367"] Por Romário Barros- Mais dois ônibus da Viação Nossa Senhora do Amparo foram assaltados nas últimas doze horas. Um dos coletivos foi assaltado no ponto do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (INTO), na Zona Portuária do RJ e o outro na RJ-104, na altura do bairro Cova da Onça, em Niterói. No começo da noite desta quinta-feira, 2, os criminosos invadiram um coletivo na altura do INTO. Segundo uma passageira, que preferiu não se identificar, o motorista - que fazia a linha Castelo x Itaipuaçu Rua 128 - parou para embarcar uma passageira fora do ponto, mas foi surpreendido por dois ladrões que invadiram o coletivo. Um dos bandidos estava armado e anunciou o assalto. Os criminosos recolheram os pertences dos passageiros e fugiram. Ainda segundo a passageira, a ação foi bem rápida e uma viatura da Polícia Militar estava no INTO, porém os PMs não teriam percebido o assalto e os criminosos conseguiram fugir. O coletivo saiu do Terminal Menezes Cortes por volta de 17h30 e foi assaltado pouco tempo depois. Já na manhã desta sexta-feira, 3, um coletivo que fazia a linha Itaipuaçu Recanto x Candelária foi assaltado na altura do km 4 da RJ-104, na altura do bairro Cova da Onça, em Niterói. Segundo informações, dois bandidos embarcaram no coletivo e roubaram o motorista e os passageiros. O motorista chegou a ser agredido. O assalto aconteceu por volta de 5h30 da manhã e o motorista levou o coletivo para a Delegacia do Fonseca (78ª DP), onde a ocorrência policial foi registrada. No assalto da RJ-105, o rastreador de um dos telefones celulares roubados, apontou que o aparelho na Comunidade do Jardim Catarina, em São Gonçalo. "Apesar do terror levaram apenas o celular da minha esposa que estava no coletivo. De acordo com aplicativo de rastreamento que utilizamos, os criminosos foram para o Jardim Catarina", disse o marido da passageira. Através do WhatsApp LSM (21 99749-6154), os passageiros relataram os assaltos.    
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp