15/11/2020 às 12h19min - Atualizada em 15/11/2020 às 16h15min

Denúncia: Eleitores postam fotos da urna enquanto votavam em colégios de Maricá

LSM - Pelo menos quatro pessoas postaram nas redes sociais fotos enquanto digitavam nas urnas o número de seus candidatos na manhã deste domingo, 15, nas seções eleitorais em Maricá.

O ato é considerado crime eleitoral e as pessoas já estão sendo investigadas pela polícia.

O LSM entrou em contato com um delegado, que explicou que todas as pessoas que filmaram e/ou tiraram fotos das urnas serão reconhecidos e intimados pela polícia.

Crimes eleitorais

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) possui uma plataforma que permite aos cidadãos denunciar irregularidades em campanhas eleitorais. Com o nome Pardal, o aplicativo tem como objetivo facilitar o trabalho de apuração por parte do MPE (Ministério Público Eleitoral) e dos TREs (Tribunais Regionais Eleitorais). Você pode utilizá-lo para denúncias sobre irregularidades em:

  • Propaganda eleitoral
  • Compra de votos
  • Uso da máquina pública
  • Doações e gastos eleitorais
  • Problemas no ato de votar, em especial qualquer irregularidade encontrada no funcionamento da urna eletrônica (defeito, mau funcionamento, etc.)

Este ano o aplicativo foi atualizado para que, além da foto, o cidadão também envie um relatório informando qual a irregularidade a ser apurada. Para denúncias não relacionadas às propagandas eleitorais, o app oferece um link específico para que as irregularidades sejam enviadas ao Ministério Público Eleitoral de cada unidade da Federação.

Fonte: UOL


Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp