publicidade 1200x90
16/06/2022 às 17h22min - Atualizada em 16/06/2022 às 17h20min

Programa gratuito de inclusão social para cães é criado em Maricá

Saiba como realizar o seu cadastro.

Thayná Silva - leisecamarica.com.br
Fonte: PMM
Foto: Divulgação

A Prefeitura de Maricá, por meio da Coordenadoria Especial de Proteção Animal (Cepa), realiza o programa “[email protected]” – primeiro projeto público de inclusão social para cães a nível nacional, que propõe uma melhor cultura no manejo dos cães pelos seus tutores, estimulando a boa integração entre as pessoas e os animais. Serão 40 vagas, com duração de 14 semanas e as inscrições terão início na próxima segunda-feira (20/06).


A proposta do programa é dar oportunidade aos tutores de nivelarem seus conhecimentos técnicos, oferecendo o conteúdo mínimo adequado, para melhorar o manejo e construir uma relação familiar com os animais, sua família e a sociedade. A socialização e o condicionamento serão ensinados a partir de exercícios básicos, utilizando técnicas de adestramento e respeitando todas as legislações que visam combater a prática dos maus-tratos.


A coordenadoria ainda ressalta que o curso não habilitará, nem formará adestradores, ou substituirá a necessidade de suas atividades, mas vai auxiliar na socialização e na promoção de uma cultura adequada para com os cães, visando o bem-estar e o respeito às normas de segurança dos animais e das pessoas durante os passeios em logradouros e praças públicas.


“Em nossa gestão, a Cepa está implantando este programa pioneiro no Brasil, conforme prevê a Lei 336, de 10 de maio de 2021. O objetivo é melhorar a relação das pessoas com seus cães, garantir passeios agradáveis, boas práticas e, assim, colaborar com a redução do abandono. Vamos focar na educação como ferramenta de transformação para melhorar a cultura das pessoas com os animais e garantir um futuro melhor para eles”, destaca o coordenador de Proteção Animal, Fabiano Novaes.


Como se inscrever


As inscrições serão abertas na próxima segunda-feira (20/06), a partir das 8h e irão até o dia 24/06, às 17h, ou até serem preenchidas as 40 vagas disponíveis, e poderão ser feitas pelo WhatsApp 99546-0334. As turmas de socialização de cães serão organizadas por temporadas, com duração quatro meses.


Todos os inscritos estarão habilitados a participar de uma palestra que abordará os temas de saúde e bem-estar animal e noções da legislação vigente, que regula os maus-tratos e comportamento dos animais, apresentando os métodos e as técnicas que serão utilizadas nas aulas práticas do programa. O atraso ou não participação da palestra provocará o cancelamento da inscrição inicial, impedindo o interessado de estar nas próximas etapas. Após a palestra, será realizada a pré-matrícula e agendado o exame de seleção dos cães que poderão fazer parte das aulas práticas do programa.


Vacinação canina atualizada e exigências


Os cães deverão estar com a sua carteira de vacina atualizada, não podem apresentar limitações de ordem física que impeçam ou causem dificuldades e sofrimento para a realização dos exercícios praticados, ou ter comportamento extremamente agressivos e antissociais, que coloquem em risco a vida ou integridade física e emocional dos outros cães e das pessoas participantes.


Nos casos de cães que apresentem problemas comportamentais, serão impedidas as suas participações recomendando o acompanhamento por profissionais qualificados para fazer um trabalho específico para este caso. Os animais devem ter preferencialmente a idade entre 6 meses e 2 anos, contudo, os casos de animais com idade maior serão avaliados pela equipe, visando o bem-estar do animal e a segurança dos participantes.


Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp