13/08/2020 às 17h17min - Atualizada em 14/08/2020 às 14h18min

Entregue a primeira escola de ensino médio em Itaipuaçu

Por Ana Farias - Foi inaugurada na tarde desta quinta-feira, 13, o Colégio Estadual Professor Darcy Ribeiro, localizado na Rua 8 com a Rua 84 -ao lado da Subprefeitura- em Itaipuaçu.

O colégio contará com o ambiente climatizado, acústico, funcional e a expectativa de entrega da escola está para acontecer no dia 21 de novembro. Vale lembrar que, esse é o primeiro colégio de ensino médio no bairro.

O evento contou com a presença do Secretário Estadual Pedro Fernandes, o Governador Wilson Witzel, Prefeito Fabiano Horta, a Secretária de Educação Municipal Adriana Luíza, a primeira dama Rosana Horta, vereadores e diversos representantes do governo estadual.

"A união da Prefeitura de Maricá com o Estado fez com que os nossos alunos não precisem mais sair 40 minutos de distancia para poder chegar a uma escola de ensino médio..." disse Secretário Estadual Pedro Fernandes.

Durante a solenidade o Horta falou sobre a satisfação em ter um colégio que homenageasse Darcy Ribeiro.

"É uma satisfação muito grande homenagear o professor Darcy Ribeiro que guarda vínculos afetivos com Maricá." disse o Prefeito Fabiano Horta.

Ainda na solenidade o governador Witzel, disse que o ensino público foi fundamental para que ele conseguisse tudo o que ele quisesse em sua vida.

"Na vida não tem atalho, é muito estudo e muito trabalho." disse o governador.

Durante a sua fala o governador Witzel, ainda citou sobre as mudanças nas grades dos professores para a melhora no ensino e ressaltou que no ano de 2021, haverão muitas novidades para os alunos estaduais. O governador falou ainda sobre a intenção de trazer para a cidade uma Faetec, que trará para os alunos uma nova perspectiva de futuro.

Durante a coletiva de impressa Witzel falou sobre a volta às aulas, e segundo o governador acreditava-se que ainda esse ano o Rio de Janeiro tivesse as condições necessárias sobre a volta as aulas, porém ainda há muito receio por parte dos pais e responsáveis.

"Estamos trabalhando para que haja um protocolo para que essas crianças sejam testadas e ver se conseguirmos voltar. Mas, ainda está muito distante essa realidade. Imaginávamos conseguir voltar em setembro, mas, já estou sendo avisado que talvez não seja possível por receio dos pais. Mas, iremos tentar encontrar uma solução para isso."


Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp