25/08/2016 às 09h55min - Atualizada em 26/08/2016 às 09h20min

Vereador Dr. Felipe Auni (PSD) denuncia funcionária fantasma na Prefeitura de Maricá

Screenshot_1

Screenshot_1

Na sessão da Câmara de Vereadores desta quarta-feira, 24, o Vereador Dr. Felipe Auni (PSD) partiu em defesa do site Lei Seca Maricá em razão das críticas que recebeu nos últimos dias e também denunciou cargos fantasmas na Prefeitura Municipal. Auni, único vereador a subir a tribuna, falou da perseguição a este veículo de comunicação. "- O Lei Seca Maricá vêm transmitindo a sessão desta casa e eu vi diversas pessoas atacando o Lei Seca Maricá, tentando denegrir a imagem do repórter, enfim, ele presta um favor a população. Ele mostra a realidade desta casa e mostra nós vereadores aqui, atuando", disse Auni. O parlamentar denunciou ainda uma funcionária fantasma na Prefeitura de Maricá. "- Pedi ao Prefeito para que enviasse para essa casa o controle de funcionários para que a gente pudesse saber quem estava recebendo o nosso dinheiro, se eles estão trabalhando ou não, ou se eles ficam na internet atacando blogs e jornais em horário de serviço. Fui buscar e trago a esta casa um documento do Poder Judiciário do Estado Rio de Janeiro uma certidão negativa de devolução de uma pessoa que tem um mandado de citação, uma intimação e o oficial de justiça esteve no local", comentou Auni. Dr. Felipe Auni citou que o oficial de justiça foi até o endereço citado para a entrega do mandado, mas ninguém foi encontrado "- No mandado diz: 'Que no dia 2 do mês de maio do ano de 2016 devolvi o presente mandado sem o devido cumprimento em razão de que compareci ao endereço, Prefeitura de Maricá, e ali fui informada pela funcionária que a ré estava lotada no gabinete. Fui até o gabinete do Prefeito e ali fui informada pela recepcionista, que após consulta telefônica ao gabinete, disse que ninguém conhecia a mesma. Retornei ao RH para saber se a mesma estava cedida a outro órgão ou secretaria da Prefeitura, porém não consta nenhuma lotação, além do endereço exercial que é mesmo que consta na petição inicial'. Daí fomos pesquisar quem é essa 'fantasminha' e eu achei. Achei ela como vogal do diretório estadual do PT. Achei uma foto dela numa reunião do diretório, ao lado do Prefeito e ganha no gabinete do Prefeito: R$ 2.600 (Dois mil e seiscentos Reais)", falou o Vereador. Ao final de sua fala na tribuna, Auni pediu ajuda dos parlamentares para que abra uma CPI para investigar o Prefeito de Maricá, Washington Quaquá (PT). "- Peço que os vereadores me ajudem a assinar aquele pedido para a abertura da CPI para que a gente possa levar a população, ao maricaense, a verdade. A verdade do que acontece na Prefeitura Municipal de Maricá", finalizou. Na sessão desta quarta-feira apenas seis vereadores comparecera. Aldair de Linda (PT), Bidi (PR), Tataí (PTB), Filipe Bittencourt (PMDB) faltaram em razão de reuniões políticas. Já Adelso Pereira (SD) não apresentou justificativa. Confira a íntegra da sessão da câmara de Vereadores no vídeo abaixo
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp