15/03/2018 às 20h10min - Atualizada em 17/03/2018 às 17h59min

Quatro presos envolvidos na morte do vendedor de cestas básicas em São José do Imbassaí


  EXCLUSIVO por Romário Barros- Quatro pessoas envolvidas no assassinato do vendedor de cestas básicas na tarde desta quinta-feira, 15, em São José do Imbassaí, foram presas por Policiais Militares do Programa Estadual de Integração na Segurança (PROEIS) e do DPO de Inoã. Segundo apuração feita pela equipe LSM, os Cabos Simões e Edio e Soldados Taboas e Pessanha souberam do crime e seguiram para o local. Eles realizaram buscas pela localidade e encontraram dois elementos suspeitos em uma motocicleta. Os PMs verificaram no WhatsApp de um dos homens conversas com um outro homem sobre o plano de matar o vendedor de cestas básicas. Os PMs foram em busca do terceiro elemento e ele também acabou sendo preso. Os três homens foram levados para o local do homicídio e confessaram que o crime foi ordenado por um traficante da localidade. Segundo informações obtidas com exclusividade pelo LSM, o vendedor de cestas básicas, identificado como Paulo, teria ido cobrar uma cesta que uma mulher estaria devendo. A mulher não pagou e com uso de violência, Paulo teria a ameaçado para que ela pagasse a cesta com brevidade. Foi combinado que a cesta seria paga nesta quinta-feira, mas tudo não passou de uma emboscada para matar o vendedor. PMs do DPO de Inoã (Sargento Novaes e Sargento Orempuller) foram até a casa da mulher e ela acabou sendo presa. Ela também confessou o crime. Até o momento, o traficante que teria ordenado a execução não foi localizado. Os presos foram levados para a sede da Divisão de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Maricá (DHNSG).Eles foram identificados como sendo Carlos Eduardo Carvalho Fontoura (20), Diego da Costa Silva Manhães (18), Igor Soares da Silva (20) e Thaynara da Silva Viana (24). Já o vendedor de cestas básicas, que era morador do município de São Gonçalo, foi identificado como Paulo Gomes de Santana Neto (27). Igor Soares da Silva foi liberado pela autoridade policial. O motivo não foi revelado. Segundo informações, a mulher entrou como a mandante do crime. Diego foi autuado por porte de munições de uso restrito e Carlos Eduardo preso por ser executor do vendedor de cestas básicas. REPORTAGEM RELACIONADA https://leisecamarica.com.br/vendedor-de-cestas-basicas-e-assassinado-a-tiros-em-sao-jose-do-imbassai/ [gallery columns="2" ids="149997,149998"]    
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp