16/09/2018 às 21h11min - Atualizada em 18/09/2018 às 09h16min

TSE concede liminar autorizando candidatura de Quaquá


O ministro Og Fernandes, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), concedeu liminar neste domingo, 16, suspendendo a decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) que indeferiu o registro de candidatura de Washington Quaquá, que concorre para o cargo de Deputado Federal.   A decisão, válida até que o mérito seja julgado, garante que o nome de Quaquá esteja nas urnas e que seus votos sejam considerados válidos. " - Defiro a liminar para suspender os efeitos do acórdão prolatado nos autos do RCand até o julgamento pelo TSE do recurso ordinário nesses autos", diz a decisão do ministro. Ainda na decisão, o Ministro diz que Quaquá pode voltar a realizar a campanha normalmente para que não seja prejudicado. "- No tocante ao perigo da demora, constato sua presença, na medida em que o prejuízo será irreparável caso o autor seja proibido de praticar os atos inerentes à sua campanha eleitoral, em especial a propaganda no rádio e na TV, dada a proximidade com o pleito eleitoral de 2018", diz em outro trecho da decisão. Na última quarta-feira, 12, Washington Quaquá teve o registro de candidatura anulado por cinco votos a um, pelo TRE. Após a decisão, o presidente do PT entrou com um recurso no TSE que deferiu a sua candidatura. "Foi reparada absurda injustiça feita pelo TRE do Rio de Janeiro. O TSE garantindo a justiça, garantindo a lei, garantiu a minha candidatura a deputado federal", disse. O ex-prefeito, que havia dito que iria suspender a campanha até que o TSE se pronunciasse, disse que irá retornar a campanha a partir desta segunda-feira, 17. "Vamos recomeçar amanhã com força total a nossa campanha nas rua de Maricá e do Estado do Rio de Janeiro, rumo a vitória."
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp