09/04/2016 às 13h42min - Atualizada em 17/04/2016 às 19h41min

Adolescente fica ferido ao ser atingido por carro em cruzamento de Itaipuaçu

[caption id="attachment_91860" align="aligncenter" width="1024"]
Adolescente fica ferido ao ser atingido por carro em cruzamento de Itaipuaçu. (Foto :: Romário Barros - Portal de Notícias Lei Seca Maricá)

Adolescente fica ferido ao ser atingido por carro em cruzamento de Itaipuaçu. (Foto :: Romário Barros - Portal de Notícias Lei Seca Maricá)

Adolescente fica ferido ao ser atingido por carro em cruzamento de Itaipuaçu. (Foto :: Romário Barros - Portal de Notícias Lei Seca Maricá)[/caption] Por Cláudio Costa- Um adolescente de 14 anos ficou ferido em um acidente na tarde deste sábado, dia 09, no cruzamento da Rua 35 com a Rua 66, no Loteamento Jardim Atlântico, em Itaipuaçu. O acidente aconteceu por volta das 12h30. De acordo com informações, Iago Gomes Soares, de 14 anos, conduzia uma moto do tipo 'cinquentinha' que foi atingida no cruzamento por um carro. Com o impacto da batida, o adolescente ficou ferido e o veículo atropelador fugiu sem prestar socorro. Bombeiros do Destacamento de Maricá foram deslocados para a área do acidente, mas o local havia sido desfeito e testemunhas comentaram que o adolescente havia sido colocado dentro de um carro. Quando a viatura dos Bombeiros seguia de volta para a base, o motorista de um carro pediu socorro na altura da Rua 34 e pasmem, no banco de trás estava a vítima do acidente. O adolescente foi imobilizado na prancha ortopédica e levado com ferimentos pelo corpo para o Hospital Municipal Conde Modesto Leal, no Centro de Maricá. A médica Ana Escobar alertou que não se pode movimentar uma vítima após qualquer tipo de acidente, pois ela pode estar com o osso quebrado, mesmo que isso não esteja visível e, por isso, a recomendação principal é não movimentá-la para evitar lesões e problemas mais graves. Segundo a médica, o paciente pode ter sofrido uma fratura grave e, se for movido, essa fratura pode se tornar exposta – se isso acontece no fêmur, por exemplo, o fragmento do osso pode causar uma lesão na artéria ou veia e a vítima pode ficar com uma perna mais curta do que a outra já que ocorre uma contração muscular. Se a fratura for na costela, por outro lado, um simples movimento pode fazer o osso perfurar o pulmão, causando uma hemorragia interna, por isso, a dica é chamar a ambulância (ligando para o número 193) e apenas dar apoio ao acidentado. Segundo o traumatologista Osmar Aguiar, movimentar bruscamente a vítima após um acidente pode deixá-la até mesmo tetraplégica ou paraplégica, se houver uma lesão na cervical, por exemplo. Porém, existem casos extremos em que o paciente pode ser movido, se ele estiver em uma posição que dificulte a respiração, como alertou o médico. Nesse caso, ao remover a pessoa, no entanto, todo cuidado é pouco. [caption id="attachment_91858" align="aligncenter" width="1024"]
Adolescente fica ferido ao ser atingido por carro em cruzamento de Itaipuaçu. (Foto :: Romário Barros - Portal de Notícias Lei Seca Maricá)

Adolescente fica ferido ao ser atingido por carro em cruzamento de Itaipuaçu. (Foto :: Romário Barros - Portal de Notícias Lei Seca Maricá)

Adolescente fica ferido ao ser atingido por carro em cruzamento de Itaipuaçu. (Foto :: Romário Barros - Portal de Notícias Lei Seca Maricá)[/caption] [caption id="attachment_91859" align="aligncenter" width="1032"]
Adolescente fica ferido ao ser atingido por carro em cruzamento de Itaipuaçu. (Foto :: Romário Barros - Portal de Notícias Lei Seca Maricá)

Adolescente fica ferido ao ser atingido por carro em cruzamento de Itaipuaçu. (Foto :: Romário Barros - Portal de Notícias Lei Seca Maricá)

Adolescente fica ferido ao ser atingido por carro em cruzamento de Itaipuaçu. (Foto :: Romário Barros - Portal de Notícias Lei Seca Maricá)[/caption]
Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp