14/10/2018 às 08h47min - Atualizada em 15/10/2018 às 14h05min

Operação da PM termina com dois presos e drogas apreendidas no 'Minha Casa, Minha Vida' de Inoã


Por Romário Barros- Uma operação coordenada por Policiais Militares do Grupamento de Ações Táticas (GAT) do 12º Batalhão (Niterói) terminou com dois presos e drogas apreendidas na noite deste sábado, 13, no condomínio 'Minha Casa, Minha Vida' de Inoã. Policiais Militares, sob o comando do Tenente Maestrini, faziam patrulhamento pelo conjunto habitacional quando tiveram a atenção voltada para três elementos em atitude suspeita. Foi realizada a abordagem e foram encontradas 340 buchas de maconha, 305 pinos de maconha, além um rádio transmissor com quatro bases. Dois homens confessaram que faziam parte do tráfico de drogas do condomínio. Um deles disse que ganhava o valor de R$ 200 (Duzentos Reais) para exercer a função de 'olheiro' e o outro R$ 250 (Duzentos e Cinquenta Reais) para ser o "vapor". O Vapor - é o responsável pela venda no varejo diretamente aos consumidores. Não porta arma e ganha por comissão. São os mais vulneráveis à ação policial. Já o Olheiro ou fogueteiro - vigia as entradas principais da favela e avisa à toda rede, por meio de fogos de artifício ou rádio-comunicadores. Função exercida por crianças ou adolescentes. O trio foi levado para a Delegacia de Maricá (82ª DP) e de lá encaminhados para a Central de Flagrantes da Polícia Civil, na Delegacia de Icaraí (77ª DP). Gabriel de Jesus Silva Araújo, de 19 anos e um adolescente de 17 anos, foram enquadrados por tráfico de drogas e associação ao tráfico de drogas. Já o outro homem - de 19 anos - foi liberado. Além do GAT, participaram da operação as equipes do DPO da Engenhoca e da Ocupação Lagoinha, ambos do 12º Batalhão (Niterói). O Comandante do Batalhão é o Tenente Coronel Márcio Guimarães.
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp